Setup Violino: vale mesmo a pena?

Pedro Assumpção

Pedro Assumpção Publicado 01/09/2019 


Galera, estou aqui para debater um pouco a respeito do "setup violino", o qual o Ogro já ensinou em algumas aulas.
Acontece que desde sempre, a gente precisa começar a lidar com o mercado buscando nossos stops e depois indo na direção que acreditamos. O setup violino entra justamente aí: você se recuperar psicologicamente do stop e re-entrar na operação.

O próprio Ogro, também já nos disse na sala e em algumas aulas, que ele utiliza o stop manual. Executando o mesmo apenas quando ocorre o fechamento acima/abaixo do stop técnico. Não deixando o stop de maneira automática.

O problema em ele apoiar essa técnica para iniciantes, se trata em não saber a disciplina de cada um. E aqui entra o primeiro tema que gostaria de abordar: Não se trata de disciplina e sim de esclarecimento.

A pessoa que começa a utilizar o stop manual, e simplesmente cancela o stop mesmo após fechamento acima/abaixo do mesmo, não é indisciplinada, ela não é esclarecida. O que ela pretende fazer? Um swing trade no Mercado Futuro, alavancada?
Mesmo que ela não queira sair da posição, na ignorância de achar que o mercado pode voltar, ela simplesmente não terá essa possibilidade. Dependendo do quanto o mercado ande contra ela, a corretora vai zerá-la. Não é uma opção ficar posicionado.
E mesmo que ela tenha dinheiro suficiente para cobrir aquela posição perdedora, o que ela pretende? Um position trade? Vai fazer rolagem dos contratos no vencimento?
Isso chega a ser patético!

Então existem 3 níveis que quero dissecar com vocês nesse tipo de situação:

A pessoa toma a violinada, fica chateada, sai do computador ou simplesmente não consegue superar o loss. Não entra na posição novamente, e sai perdendo o dinheiro. Mesmo vendo o mercado voltar na direção que ela acreditou inicialmente.
Dano duplo: perdeu dinheiro e perdeu a oportunidade que estava certa.

O segundo estágio, é quando a pessoa já tem sabedoria e psicológico o suficiente para superar o loss. Reage ao mercado, entra novamente na posição e ganha. Porém, ela pode ganhar metade do que era o alvo, pois acabou de tomar um loss. Um loss de 150 pontos na violinada, para um alvo de 300, dará a ela um saldo de 150 pontos, ao invés de 300. Ou menos, dependendo do loss, e dependendo do tempo de reação. Talvez ela entre mais tarde no trade, e não tenha mais tanto espaço de gain até o alvo.
Recompensa pela metade: ela tomou um loss, danificou sua taxa de acerto e ganhou menos do que o trade teria dado se não tivesse sido violinada.

No terceiro estágio, a pessoa já tem conhecimento o suficiente do que é um contrato futuro e alavancagem. E decide colocar um stop manual (como o Ogro faz). O mercado volta no ponto do stop, violina os stops automáticos, e vai na direção que você leu anteriormente. Te dando o ganho integral do trade.
Recompensa dupla: você potencializa seu ganho de auto-confiança, pois nota que fez a leitura certa e além disso driblou o mercado, evitando o loss e mantendo boa taxa de acerto. E ainda atinge seu alvo integralmente.

Sinceramente, sou novato na sala e nos trades, mas pretendo começar a utilizar apenas o stop manual. Visto que na última semana entreguei mais de 400 pontos pro mercado nas violinadas, e quando tive a sabedoria de re-entrar na operação, saí com metade do lucro. 


É isso aí galera, espero que ajude vocês, e sintam-se a vontade para colocarem suas observações! Abraços!

 

Voltar ao topo